Nossas kriponitas

Há alguns dias ouvi duas perguntas de uma moça chamada Julia Duarte (@tristezinha, via @peresgram): “qual é a sua kriptonita?” e “se essa kriptonita tivesse nome, qual seria?”. O vídeo falava de sensibilidade e sobre como lidamos com nossos sentimentos e nossas maiores dores. Sabe quando chega e fica? Passei alguns dias pensando nisso. JáContinuar lendo “Nossas kriponitas”